TERÇA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO


news menu leftnews menu right

Anuncie Grátis

Anúncios pagos

Banner
Banner
Gazeta do Povo lança hoje coleção Literatura Paranaense PDF Imprimir E-mail
Sex, 07 de Novembro de 2014 10:46


Seis livros dos principais escritores contemporâneos do PR compõem a coleção
A literatura paranaense ganha destaque na Gazeta do Povo, veículo que faz parte do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCOM). A partir de hoje (7), o jornal vai encartar gratuitamente uma obra de um autor do estado. A coleção Gazeta do Povo Literatura Paranaense conta com seis títulos, que circulam toda sexta-feira junto ao jornal para assinantes e nos exemplares disponíveis nos pontos de venda.

A estreia da coleção é com a obra inédita “Linhas Órfãs”, de Miguel Sanches Neto. O livro fictício é uma experiência de diálogo nas redes sociais, pequenas ‘tuitadas’ que resultaram em literatura. Fala das relações virtuais e serve para a velocidade dos nossos tempos. Na próxima semana, dia 14, circula uma reedição do livro “Jornal da guerra contra os Taedos”, de Manoel Carlos Karam. A obra do escritor e jornalista apresenta um relato aparentemente factual sobre uma disputa bélica e desmistifica o discurso de guerra, das artimanhas e estratégias com ironia e humor.

Para o dia 21 de novembro, será distribuído o livro “Pequenices”, do escritor londrinense Domingos Pellegrini, que já foi agraciado duas vezes com o Prêmio Jabuti. “Ensaios e anseios crípticos”, de Paulo Leminski, foi reeditado e poderá ser adquirido pela Coleção no dia 28 de novembro. O livro traz uma oportunidade de conhecer Leminski como ensaísta, polemista, jogando luz em questões específicas. Nessa edição, o leitor vai encontrar uma seleção de ensaios organizada pela família de Paulo Leminski.

No dia 5 de dezembro, é a vez de “Alegres memórias de um cadáver”, de Roberto Gomes, que discute a realidade brasileira contemporânea, questiona as práticas acadêmicas e a desburocratização do acesso ao conhecimento. A distribuição desta 1a Coleção Gazeta do Povo – Literatura Paranaense finaliza com o título “Infinita sinfonia”, de Helena Kolody, no dia 12 de dezembro. O título reúne a obra completa da escritora paranaense e inclui cerca de 500 poemas.

Com a curadoria do escritor Luiz Andrioli, a coleção conta com uma tiragem de 420 mil exemplares, 70 mil para cada título. Além das obras encartadas no jornal, parte da tiragem será encaminhada para a rede pública e privada de ensino, para mais de 90 mil professores de escolas estaduais e 2 mil instituições privadas. Um manual do professor, com instruções para usar os livros em sala de aula em 2015, será disponibilizado em conjunto. Exemplares da coleção também estarão acessíveis em espaços culturais como Faróis do Saber, Tubotecas e Casas de Leitura.

O projeto, que pretende atingir um público de 2,5 milhões de leitores, de diversas faixas etárias e classes sociais, faz parte da Lei de Incentivo à Cultura, sendo uma parceria da Gazeta do Povo com a Editora Inventa, realização do Ministério da Cultura – Governo Federal; e conta com o apoio do Positivo e patrocínio da Caixa e Instituto Joel Malucelli.

Confira os próximos títulos que serão distribuídos junto à Gazeta do Povo:

07/11 – Linhas órfãs – Miguel Sanches Neto
14/11 – Jornal da guerra contra os taedos – Manoel Carlos Karam
21/11 – Pequenices – Domingos Pellegrini
28/11 – Ensaios e anseios crípticos – Paulo Leminski
05/12 – Alegres memórias de um cadáver – Roberto Gomes
12/12 – Infinita sinfonia – Helena Kolody



 

Facebook  Twitter  Youtube  Google Plus  LinkedIn

Leia Mais






Fornecido por Joomla!. Designed by: Joomla Theme, postgresql sequence. Valid XHTML and CSS.